USA 2013

ALBUQUERQUE - NOV. 27 TO 28

Guild Cinema, Albuquerque

3405 Central Avenue NE Albuquerque, NM - (505) 255-1848
$5 students with ids / $7 general per block of movies or features

28 Novembro 2013

(Abita. Children from Fulushima)
Alemanha, 2012, 4 min, legenda inglês, animação
Premiere mundial - Classificação indicativa 10 anos

Melhor Animação 2013

Curta-metragem de animação sobre crianças de Fukushima que não podem brincar na rua. Sobre seus sonhos e realidades.

+
27 Novembro 2013

Russia, 2012, 91 min, legenda inglês
Produção: Telesto Film Company
Classificação indicativa 10 anos

Melhor Ficção 2013

Essa é uma história de pessoas do futuro que está começando a ser real hoje em dia. Os heróis são bonitos e indefesos que continuam a lutar por sua própria felicidade e propósito. A história é sobre Ivan e Tania, Tania está interessada em sua carreira de ciência e Ivan não está interessado em nada. O novo herói se faz herói para acordar. Uma comédia lírica.

+
28 Novembro 2013

(Atomic Bomb Home)
Japão, 2012, 65 min, legenda inglês
Classificação indicativa 12 anos

Première mundial

Um documentário que captura a vida cotidiana em uma casa de repouso para idosos sobreviventes do bombardeio atômico no Japão. Para transmitir os seus conhecimentos, os próprios moradores apresentam peças com base em suas experiências do bombardeio de Nagasaki para as crianças que visitam a casa. Este documentário lança luz sobre essas vítimas do bombardeio que lutam para suportar a dor e vivem com determinação feroz.

+
28 Novembro 2013

USA , 2012, 37 min, Documentary,
Directors: Deborah Begel and David Lindblom, Executive
Producer: s: Dr. Johnnye Lewis and Chris Shuey, Navajo & English, English subtitles.

This documentary is a four part meditation on the Navajo people’s problems with contaminated drinking water. Nearly one out of three people in the Navajo Nation struggle with this issue. Four Stories About Water opens with a waterfall of people who reveal the scope of water contamination problems on Navajo lands, from the health problems that were likely caused by uranium tailings left uncovered to the view of water as “a spiritual element” to the fact that 30% of the Navajo people don’t have access to safe water. „For us Diné people, if we treat water with respect and have spiritual faith, water will respect us. In this way, we will go forward in a balanced and harmonised life.“ David Begay

+
28 Novembro 2013

(The Ultimate Wish: Ending The Nuclear Age)
Estados Unidos, 2012,40 min, legenda inglês 
Co-produção Kathleen Sullivan
Classificação indicativa 12 anos

Filmes, testemunhas vivas inesquecíveis que sobreviveram às duas crises mundiais de radiação mais importantes: Nagasaki em 1945 e Fukushima em 2011. Eles estão entrelaçados com depoimentos de especialistas nucleares e imagens de arquivo, algumas chocantes, iluminando a conexão pouco reconhecida entre armas nucleares e energia nuclear, e os movimentos de crescimento global para abolir ambos. O documentário é tanto trágico quanto um exemplo inspirador de mulheres corajosas em face de catástrofes ambientais e um alerta a todos sobre os perigos da proliferação nuclear continuada e da energia nuclear.

+
27 Novembro 2013

(The Atomic States Of America)
Estados Unidos, 2011, 92 min, inglês
Classificação indicativa 10 anos

Em 2010, os Estados Unidos anunciaram a primeira construção de novas usinas nucleares, depois de mais de 32 anos. Bem vindos ao "Renascimento Nuclear"!

+
28 Novembro 2013

(Tailings)
EUA, 2012, 12 min, inglês
Classificação indicativa 10 anos

Grants, Novo México, é um amontoado de 200 acres de resíduos tóxicos de urânio, conhecido como rejeitos. Na antiga capital de urânio do mundo, após 30 anos de limpeza falha, os resíduos contaminaram profundamente o ar e a água. O filme é uma investigação cinematográfica sobre este amontoado que está moldando gravemente a vida daqueles que estão presos a ele e vivendo em sua sombra.

+
27 Novembro 2013

(Nuclear Savage: The Islands of Secret Project)
Estados Unidos, 2012, 87 min
Classificação indicativa 12 anos

Melhor Longametragem Documentário 2013

O termo "selvagem" é usado para se referir a pessoas de culturas primitivas, mas este documentário mostra como a selvageria atingiu novos níveis com o advento da tecnologia avançada. Na década de 1950, os EUA realizaram 67 testes nucleares nas Ilhas Marshall, vaporizando ilhas e expondo populações inteiras. O povo de Rongelap recebeu doses fatais de radiação de um desses testes e foram transferidos para uma ilha altamente contaminada, para servir como cobaias para testar os efeitos da radiação em seres humanos por quase 30 anos. Câncer recorrente e defeitos congênitos têm afetado múltiplas gerações. Este ato cínico do governo dos EUA foi realizado com um racismo arrogante. Sem imagens de arquivo e documentos secretos, a história parece inacreditável.

O filme foi lançado pela primeira vez no ano passado, e ganhou vários prêmios em festivais de cinema internacionais: Prêmio do Júri em Paris, no Festivales Internationales des Films Environmentales. Prêmio do Público para Melhor Longa-Metragem no CinemaPlaneta International Film Festival, na Cidade do México e Cuernavaca, México. Prêmio do Júri no World Peace Intl. Film Festival de Chicago, e foi indicado como Melhor Filme Ambiental da IDFA, o International Documentary Film Festival, em Amsterdã. O filme recebeu muitas críticas favoráveis, incluindo o Hollywood Film newspaper Variety.

http://www.nuclearsavage.com/

 

+
28 Novembro 2013

(Forbidden Ground Fukushima)
Japão, 2012, 57 min
Classificação indicativa 10 anos

Première mundial

Um documentário sobre as consequências do desastre em Fukushima.

As pessoas dizem "Fukushima, é como um mundo paralelo". É outro mundo. Aparentemente, visto de fora, tudo parece normal. Fora da zona de exclusão de 20 quilômetros a vida continua como antes, mas não é bem assim, isso é apenas uma aparência. O perigo é invisível. Meu desafio é: como tornar visível o que é invisível.

+
27 Novembro 2013

USA, 45 min
Director's Comments after the film

This illuminating film documents the largest radioactive waste spill in U.S. history - a national tragedy that received little attention. With the sound of a thunderclap, 94 million gallons of water contaminated with uranium mining waste broke through a United Nuclear Corporation storage dam in 1979. The water poured into the Puerco River in New Mexico - the main water supply for the Navajo Indians that live along the river, and a tributary of the major source of water for L.A. Navajo ranchers, their children, and farm animals waded through the river unaware of the danger.

The River That Harms tells the story of this tragedy and the toll it continues to take on the Navajos, who lost the use of their water. To the Navajos, this event is also a prophetic warning for all humanity.

+
27 Novembro 2013

(Urânio 238: A Bomba Suja do Pentágono)
Costa Rica, 2009, 28 min
Direção: Pablo Ortega
Produção: Isabel Macdonald e San José Quaker Peace Center

Urânio 238 mostra os perigos que o urânio empobrecido ou DU (em referência às iniciais em inglês das palavras urânio empobrecido: depleted uranium) usado nas armas convencionais apresenta para a saúde dos soldados e civis. Através de entrevistas com soldados, cientistas e ativistas, o documentário explora os riscos para a saúde quando este material radioativo e tóxico é ingerido ou inalado por pessoas nos campos de batalha e campos de tiro. Baseado em dados científicos, o filme tem sido utilizado pela Coalizão Internacional para a Proibição das Armas de Urânio (ICBUW), como parte de sua campanha internacional para proibir DU como um componente militar.

Uranio 238: A Bomba Suja do Pentágono ganhou o Prêmio do Júri como Melhor Curta. Isabel Macdonald: "Ganhar este prêmio vai ajudar os esforços internacionais no sentido de um tratado que proíba armas de urânio empobrecido em todo o mundo. " 

+
28 Novembro 2013

USA, 2012, 70 min
Production: Reelthing

The promise of jobs from a proposed uranium mill has an economically devastated mining community in Colorado hopeful for the first time in decades. When environmentalists step in to stop the mill, pro-mill advocates are enraged. A debate ensues, pitting jobs against health and the environment.

Without judgment, both sides of the issue are brought to life in heart-wrenching detail as the film follows conflicting visions for the future. The film offers no easy answers but aims instead to capture personal stories and paint a portrait of the lives behind this nuanced and complex issue.

Site: http://www.uraniumdrivein.com/

+
28 Novembro 2013

Alemanha, 2010, 35 min
Director. Joachim Tschirner
Classificação indicativa 12

A mentira da energia limpa A mineração de urânio, o primeiro passo na cadeia da indústria nuclear, conseguiu por décadas se manter longe dos olhos do público. Uma teia de propaganda, desinformação e mentiras cobre sua história suja por mais de 60 anos. A terceira maior mina de urânio do mundo estava localizada nas províncias do leste alemão da Saxônia e Turíngia. Ela recebeu o nome de mina de bismuto (Wismut) para encobrir a verdadeira finalidade. Controlada pela URSS, ela funcionou até a Reunificação com a Alemanha Ocidental. Até 1990, Wismut forneceu à União Soviética 220.000 toneladas de urânio. Em termos absolutos, essa quantidade foi suficiente para a produção de 32 mil bombas de Hiroshima. Durante os últimos 20 anos, o governo alemão tem feito um grande esforço financeiro para executar a maior operação de limpeza na história da mineração de urânio no mundo. O filme também leva os telespectadores para fora da Alemanha até às maiores minas de urânio à céu aberto do mundo na Namíbia, Austrália e Canadá. 

www.umweltfilm.de

+

SANTA FE - NOV. 30 & DEC. 1

Center for Contemporary Arts Cinematheque

1050 Old Pecos Trail
Santa Fe, NM 87505
Phone: 505.982.1338
Email: contact@ccasantafe.org

http://www.ccasantafe.org/events 
http://www.ccasantafe.org/cinematheque/show-times

 

30 Novembro 2013

(Abita. Children from Fulushima)
Alemanha, 2012, 4 min, legenda inglês, animação
Premiere mundial - Classificação indicativa 10 anos

Melhor Animação 2013

Curta-metragem de animação sobre crianças de Fukushima que não podem brincar na rua. Sobre seus sonhos e realidades.

+
17 Maio 2014

Alemanha, 2013, 52 min, inglês
Classificação indicativa 12

Documentário sobre a indústria nuclear e suas ações na África. Empresas, como a francesa Areva, fazem forte propaganda para os Estados africanos investirem em usinas nucleares e aceitarem a mineração de urânio em suas terras.

www.a-o-buero.de/en/films/filme/datum/2013/05/31/atomic-africa/

+
1 Dezembro 2013

(Atomic Bombs on the Planet Earth)
Países Baixos/Reino Unido, 2011, 12 min, multilingue
Produção: Change Performing Arts of Milan

Entre 1945 a 1989, as cinco potências nucleares explodiram 2201 bombas atômicas sobre a Terra, produzindo destruição e contaminação radioativa, conhecida como "fall-out". Um filme experimental que mostra todas as explosões atômicas com data e nome dos responsáveis..

+
30 Novembro 2013

(Slouching Towards Yucca Mountain)
Estados Unidos, 2011, 17 min, legenda inglês
Classificação indicativa 10 anos

Viajantes do tempo exploram a idade pós-atômica do Oeste americano e descobrem os túneis abandonados do Depósito de Resíduos Radioativos da Montanha de Yucca. Filme punk experimental de ficção científica.

+
30 Novembro 2013

(Not for Public Release: a Nuclear Incident in Lock Haven)
EUA, 2010, 73 min, Inglês

 

Première América Latina

O Ministério da Defesa dos EUA foi o maior produtor de lixo radioativo do século XX. Várias empresas privadas forneceram produtos radioativos ao Pentágono. Lock Haven é um lugar contaminado por causa deste lixo radioativo privado.

YardBird TV

+
1 Dezembro 2013

(Nuclear Savage: The Islands of Secret Project)
Estados Unidos, 2012, 87 min
Classificação indicativa 12 anos

Melhor Longametragem Documentário 2013

O termo "selvagem" é usado para se referir a pessoas de culturas primitivas, mas este documentário mostra como a selvageria atingiu novos níveis com o advento da tecnologia avançada. Na década de 1950, os EUA realizaram 67 testes nucleares nas Ilhas Marshall, vaporizando ilhas e expondo populações inteiras. O povo de Rongelap recebeu doses fatais de radiação de um desses testes e foram transferidos para uma ilha altamente contaminada, para servir como cobaias para testar os efeitos da radiação em seres humanos por quase 30 anos. Câncer recorrente e defeitos congênitos têm afetado múltiplas gerações. Este ato cínico do governo dos EUA foi realizado com um racismo arrogante. Sem imagens de arquivo e documentos secretos, a história parece inacreditável.

O filme foi lançado pela primeira vez no ano passado, e ganhou vários prêmios em festivais de cinema internacionais: Prêmio do Júri em Paris, no Festivales Internationales des Films Environmentales. Prêmio do Público para Melhor Longa-Metragem no CinemaPlaneta International Film Festival, na Cidade do México e Cuernavaca, México. Prêmio do Júri no World Peace Intl. Film Festival de Chicago, e foi indicado como Melhor Filme Ambiental da IDFA, o International Documentary Film Festival, em Amsterdã. O filme recebeu muitas críticas favoráveis, incluindo o Hollywood Film newspaper Variety.

http://www.nuclearsavage.com/

 

+

WINDOW ROCK - DEC. 2 TO 4

Navajo Nation Museum

Highway 264 and Loop Road
Phone: +1.928.871.7941

Email: info@navajonationmuseum.org
http://www.navajonationmuseum.org/

1050 Old Pecos Trail
Santa Fe, NM 87505
Phone: 505.982.1338
Email: contact@ccasantafe.org

http://www.ccasantafe.org/events 
http://www.ccasantafe.org/cinematheque/show-times

 

4 Dezembro 2013

(Abita. Children from Fulushima)
Alemanha, 2012, 4 min, legenda inglês, animação
Premiere mundial - Classificação indicativa 10 anos

Melhor Animação 2013

Curta-metragem de animação sobre crianças de Fukushima que não podem brincar na rua. Sobre seus sonhos e realidades.

+
3 Dezembro 2013

(The Four Corners: A National Sacrifice Area?)
Estados Unidos, 1983, 58 min, inglês
Produção Sacred Land Film Project
Classificação indicativa 10 anos

O filme examina o impasse cultural e ambiental do desenvolvimento da energia no Arizona, Novo México, Colorado e Utah – chamada de Quatro Cantos (Four Corners). O filme leva o título de um relatório da Academia Nacional de Ciências, que concluiu que fazer mineração no árido Colorado Plateau pode danificar permanentemente a terra, criando uma "área de sacrifício nacional." O filme explora os custos ocultos da mineração de urânio, do carvão e da extração de óleo de xisto no "Círculo de Ouro dos Parques Nacionais" - a terra natal dos Hopi, Navajo e culturas mórmons.

+
4 Dezembro 2013

(Fairlights)
Alemanha, 2013, 10 min, inglês
Classificação indicativa 10 anos

Première mundial

Por trás da tomada de sua sala, uma menina descobre uma feira futurista, gerida pela indústria da energia nuclear. Tudo à primeira vista parece brilhante e encantador, mas seu fascínio diminiu quando criaturas cinzentas e palhaços atômicos aparecem. Ela começa a se sentir desconfortável e tenta fugir, mas acaba em lugares cada vez ainda mais escuros. No momento em que ela descobre o que realmente está acontecendo nos bastidores, já é tarde demais para evitar a catástrofe.

O acidente nuclear de Fukushima é modelo para a história: uma sociedade, confrontado com o desastre repentino, agindo como galinha sem cabeça - os responsáveis enviam as suas desculpas.

Créditos:
Narração: Nick Cave
Edição de Som: Sid Gautama
Produção: Ingmar Böschen
Alemanha 2013

http://www.ilihoepfner.de
http://www.weizenkeim.org

+
2 Dezembro 2013

USA , 2012, 37 min, Documentary,
Directors: Deborah Begel and David Lindblom, Executive
Producer: s: Dr. Johnnye Lewis and Chris Shuey, Navajo & English, English subtitles.

This documentary is a four part meditation on the Navajo people’s problems with contaminated drinking water. Nearly one out of three people in the Navajo Nation struggle with this issue. Four Stories About Water opens with a waterfall of people who reveal the scope of water contamination problems on Navajo lands, from the health problems that were likely caused by uranium tailings left uncovered to the view of water as “a spiritual element” to the fact that 30% of the Navajo people don’t have access to safe water. „For us Diné people, if we treat water with respect and have spiritual faith, water will respect us. In this way, we will go forward in a balanced and harmonised life.“ David Begay

+
2 Dezembro 2013

USA, 1999, 25 min
Co- Producers / Directors / Writers (with Anna Rondan)

This film chronicles how three large communities of people are effected by uranium's cycle of destruction: the Navajo uranium miners of the American Southwest. They mined for uranium that led to a cancer epidemic which also affects the surrounding communities. The Gulf War Veterans, and today's exposed troops affected by depleted uranium residue in Iraq, and the Iraqi people and environment against whom Depleted Uranium bullets and shells are used. Evidence released here shows that the continued presence of U-238 was being measured in the urine of war veterans 8-9 years after the Gulf war.

+
2 Dezembro 2013

India, 2009, 9 min, Inglês

Première América Latina

Mineração de urânio em Jadugoda, Índia. O lugar é o território do povo Adivasi. O filme mostra as consequências drásticas de uma mineração de urânio à população local.

+
4 Dezembro 2013

(The Ultimate Wish: Ending The Nuclear Age)
Estados Unidos, 2012,40 min, legenda inglês 
Co-produção Kathleen Sullivan
Classificação indicativa 12 anos

Filmes, testemunhas vivas inesquecíveis que sobreviveram às duas crises mundiais de radiação mais importantes: Nagasaki em 1945 e Fukushima em 2011. Eles estão entrelaçados com depoimentos de especialistas nucleares e imagens de arquivo, algumas chocantes, iluminando a conexão pouco reconhecida entre armas nucleares e energia nuclear, e os movimentos de crescimento global para abolir ambos. O documentário é tanto trágico quanto um exemplo inspirador de mulheres corajosas em face de catástrofes ambientais e um alerta a todos sobre os perigos da proliferação nuclear continuada e da energia nuclear.

+
3 Dezembro 2013

(Blowin'in the Wind)
Austrália, 2005, 62 min,Inglês, Produção: Frontline Film Foundation

Première América Latina

O Exército dos EUA tem áreas de treinamento na Austrália e está usando armas de urânio empobrecido – que é radioativo. Cidadões australianos, vizinhos destas aréas são as principais vítimas.

+
4 Dezembro 2013

(The Atomic States Of America)
Estados Unidos, 2011, 92 min, inglês
Classificação indicativa 10 anos

Em 2010, os Estados Unidos anunciaram a primeira construção de novas usinas nucleares, depois de mais de 32 anos. Bem vindos ao "Renascimento Nuclear"!

+
2 Dezembro 2013

(Tailings)
EUA, 2012, 12 min, inglês
Classificação indicativa 10 anos

Grants, Novo México, é um amontoado de 200 acres de resíduos tóxicos de urânio, conhecido como rejeitos. Na antiga capital de urânio do mundo, após 30 anos de limpeza falha, os resíduos contaminaram profundamente o ar e a água. O filme é uma investigação cinematográfica sobre este amontoado que está moldando gravemente a vida daqueles que estão presos a ele e vivendo em sua sombra.

+
1 Dezembro 2013

(Nuclear Savage: The Islands of Secret Project)
Estados Unidos, 2012, 87 min
Classificação indicativa 12 anos

Melhor Longametragem Documentário 2013

O termo "selvagem" é usado para se referir a pessoas de culturas primitivas, mas este documentário mostra como a selvageria atingiu novos níveis com o advento da tecnologia avançada. Na década de 1950, os EUA realizaram 67 testes nucleares nas Ilhas Marshall, vaporizando ilhas e expondo populações inteiras. O povo de Rongelap recebeu doses fatais de radiação de um desses testes e foram transferidos para uma ilha altamente contaminada, para servir como cobaias para testar os efeitos da radiação em seres humanos por quase 30 anos. Câncer recorrente e defeitos congênitos têm afetado múltiplas gerações. Este ato cínico do governo dos EUA foi realizado com um racismo arrogante. Sem imagens de arquivo e documentos secretos, a história parece inacreditável.

O filme foi lançado pela primeira vez no ano passado, e ganhou vários prêmios em festivais de cinema internacionais: Prêmio do Júri em Paris, no Festivales Internationales des Films Environmentales. Prêmio do Público para Melhor Longa-Metragem no CinemaPlaneta International Film Festival, na Cidade do México e Cuernavaca, México. Prêmio do Júri no World Peace Intl. Film Festival de Chicago, e foi indicado como Melhor Filme Ambiental da IDFA, o International Documentary Film Festival, em Amsterdã. O filme recebeu muitas críticas favoráveis, incluindo o Hollywood Film newspaper Variety.

http://www.nuclearsavage.com/

 

+
2 Dezembro 2013

(Herr Hoppe und der Atommüll)
Alemanha, 2011, 4 min
Produção Filmakademie Baden – Württemberg 
Classificação indicativa 10 anos

Um barril de lixo nuclear cai na sala do Sr. Hoppe, um surburbano alemão. Ele tem que se livrar dele e faz isso à sua própria maneira.

+
3 Dezembro 2013

(Ground Zero/Sacred Ground)
EUA, 1997, 9 min, Animação, sem diálogo
Diretora: Karen Aqua

No sudoeste dos Estados Unidos existe um importante sítio arqueológico dos povos indígenas pré colombianos. Mais de 10 mil pinturas rupestres mostram a história do povo Jornada Mogollon que viveram entre 900 e 1400 DC. Há 35 milhas deste local, os Estados Unidos detonaram a primeira bomba atômica do mundo, em 16 de julho de 1945. O lugar desta primeira explosão nuclear é chamado de Ground Zero. A justaposição temporal deste local aponta para o contraste entre dois mundos: um que reverencia e vive em harmonia com o mundo natural, e outro que, na luta para controlar as forças da natureza, criou um meio para a sua destruição. Este filme de animação explora essas forças opostas e as relações e efeitos de um sobre o outro.

+
2 Dezembro 2013

USA, 45 min
Director's Comments after the film

This illuminating film documents the largest radioactive waste spill in U.S. history - a national tragedy that received little attention. With the sound of a thunderclap, 94 million gallons of water contaminated with uranium mining waste broke through a United Nuclear Corporation storage dam in 1979. The water poured into the Puerco River in New Mexico - the main water supply for the Navajo Indians that live along the river, and a tributary of the major source of water for L.A. Navajo ranchers, their children, and farm animals waded through the river unaware of the danger.

The River That Harms tells the story of this tragedy and the toll it continues to take on the Navajos, who lost the use of their water. To the Navajos, this event is also a prophetic warning for all humanity.

+
2 Dezembro 2013

(U: Uranium)
EUA, 2010, 11 min
Direção: Sarah del Seronde
Produtores Executivos: First Nations Development Institute, Seventh Generation Fund, Western Action Mining Network, Navajo Waters 

As águas e a saúde dos comunidades nativas e não nativas próximas ao Grande Canyon e em todo o Sudoeste dos Estados Unidos foram contaminadas por décadas pela mineração de urânio. Ainda hoje novas minerações de urânio estão depositando seus rejeitos radioativos na Bacia Hidrográfica do Rio Colorado e ameaçam diretamente o abastecimento de água de 25 milhões de pessoas. O filme nos ajuda a entender melhor sobre urânio - o que sabemos sobre isto, seus efeitos sobre pessoas e como nos proteger nosso Futuro de qualquer outro dano causado pelo urânio.

+
3 Dezembro 2013

(Urânio 238: A Bomba Suja do Pentágono)
Costa Rica, 2009, 28 min
Direção: Pablo Ortega
Produção: Isabel Macdonald e San José Quaker Peace Center

Urânio 238 mostra os perigos que o urânio empobrecido ou DU (em referência às iniciais em inglês das palavras urânio empobrecido: depleted uranium) usado nas armas convencionais apresenta para a saúde dos soldados e civis. Através de entrevistas com soldados, cientistas e ativistas, o documentário explora os riscos para a saúde quando este material radioativo e tóxico é ingerido ou inalado por pessoas nos campos de batalha e campos de tiro. Baseado em dados científicos, o filme tem sido utilizado pela Coalizão Internacional para a Proibição das Armas de Urânio (ICBUW), como parte de sua campanha internacional para proibir DU como um componente militar.

Uranio 238: A Bomba Suja do Pentágono ganhou o Prêmio do Júri como Melhor Curta. Isabel Macdonald: "Ganhar este prêmio vai ajudar os esforços internacionais no sentido de um tratado que proíba armas de urânio empobrecido em todo o mundo. " 

+
2 Dezembro 2013

(Uranium: a poisoned legacy)
França, 2009, 52 min, Inglês
Produção: Nomades TV, Charlotte Hennequin

Première Brasil

Areva é a empresa nuclear da França, responsável por várias minas de urânio. Este documentário mostra as minas da Areva na África e suas consêquencias.

+
2 Dezembro 2013

(Sacred Poison)
EUA, 2011, 30 min, Inglês, sem legenda

Première América Latina

Antiga mineração de urânio deixa o território dos Navajos e suas águas contaminadas. Famílias nativas perderam muitas crianças por causa da contaminação de urânio.

http://sacredpoison.com

+
3 Dezembro 2013

(Poison Wind)
EUA, 2007, 37 min
Direção: Jenny Pond
Produzido por Norman Patrick Brown & Jenny Pond
Orientador: Manuel Pino

O filme conta a história de um governo corrupto, inescrupuloso e uma ganância política de destruição, visando a terra natal dos Povos Indígenas, desde a década de 1940 até hoje. É um documentário sobre a mineração de urânio e os efeitos devastadores sobre as pessoas, os animais, a água e a agricultura na área de 4 Corners nos EUA e Grand Canyon. Vento Venenoso nos leva ao movimento político e ambiental do Povo Navajo (Diné) e Povo Pueblo (Acoma e Laguna) do Novo México, Western Shoshone, Hualapai e Havasupai, onde hoje muitas pessoas sofrem indiscriminadamente os efeitos da radioatividade por residirem próximos às terras contaminadas. Vento Venenoso destaca a ganância das mineradoras que estão determinadas a destruir o equilíbrio da vida criada pelos povos destas terras sagradas, oferecendo somente a morte como sentença final. Este filme é uma “História Oral e Visual” contada pelos próprios povos que sofrem e falam com seus corações sobre como a mineração de urânio os vítimou.

Info: https://poisonwindmovie.wordpress.com/

Premiado com o Nuclear Free Future Award 2008

+
2 Dezembro 2013

(Muckaty Voices)
Austrália, 2010, 10 min
Direção: Natalie Wasley

Vozes do Povo Muckaty captura a resistência de uma comunidade aborígene diante de um plano do governo australiano de depositar lixo radioativo em seu território no Muckaty Station, 120 km ao norte de Tennant Creek no Northern Territory. A decisão do governo gerou muitas críticas da comunidade, organiza- ções indígenas, ONG de saúde e ambientais. O filme apresenta o território e a comunidade afetada por este plano.

O filme foi produzido para o Povo Muckaty por Enlightning Productions, com o apoio da Iniciativa Beyond Nuclear: www.beyondnuclearinitiative.com 

+
2 Dezembro 2013

EUA, 2009,10 min
Direção: Brock Williams

Da exploração à produção de combustível, este documentário relata a contamina- ção, o alto consumo de água, a geração de resíduos tóxicos e radioativos, os custos do contribuinte americano com os subsídios do governo, os impactos na saúde e as emissões de CO2 que são causados pelo ciclo do combustível nuclear. Cada fase tem o seu próprio impacto de devastação ao meio ambiente e à população do entorno, no aspecto socioeconômico, da saúde e segurança. Este filme lança um olhar mais profundo sobre fatos que são, frequentemente, deixados de lado. América está andando no caminho do Yellowcake. Mas diante desta informação, devemos fazer a pergunta necessária: É isto o que realmente queremos? Este pequeno documentário foi criado por Boxcar Films, em 2009, para explorar o “front-end” da produção de combustível nuclear. O curta foi financiado pelo Cidadãos do Colorado Contra Lixo Tóxico.

www.boxcarfilms.com
www.downtheyellowcakeroad.org 

+